Quem chegou aqui, provavelmente viveu ou está vivendo esse problema da queda de cabelo, que é bastante difícil, principalmente para nós mulheres.

Na verdade estou expondo algo pessoal com intuito de colaborar um pouquinho que seja com quem esta passando por isso…

Sempre tive um “cabelão” e nem mesmo na gravidez percebi nenhuma queda.

IMG_0974 2
Cabelo, cabeleira…

Quando nos mudamos para a Itália em 2015 para um sabático (post AQUI) logo no início, tivemos stress relacionados a minha permesso di soggiorno, ou seja, a minha permissão para ficar legalmente no país, além dos três meses permitidos para turistas (post AQUI).

Somando-se a isso, enfrentamos outras dificuldades, mudanças bruscas, preocupação com a família (deixamos pais e os outros dois filhos), o clima, a modificação da alimentação e também a água européia que tem muito calcário.

queda de cabelo
Variações do clima
italia
Carboidrato todo dia
img_8797
Arroz e Feijão: “nunca vi nem comi, eu só ouvia falar”

italia

Acredito que tudo, de alguma forma, contribuiu para uma queda repentina e intensa do meu cabelo.

Já em outubro, comecei a perceber no chão, nas minhas roupas e no chuveiro, muitos fios de cabelos, mas no começo não me importei muito.

Quando nos mudamos para nosso segundo apartamento , onde o chuveiro era de cabine, percebi que estava exagerada a queda quando tivemos que chamar por duas vezes o encanador para desentupir o chuveiro, pois o ralo estava lotado de fios, mas mesmo assim, não tomei providências.

Eu deveria ter colocado um filtro no chuveiro, mas subestimei o problema novamente.

Nessa época apenas procurei por shampoo sem sal, shampoo com quelante e outros produtos que pesquisei em sites e blogs sobre a água pesada com calcário da Itália e percebi que muitas mulheres estavam com o mesmo problema.

Em novembro eu já tinha perdido uns trinta porcento do meu cabelo como um todo, mas a parte da frente era a mais visível.

queda de cabelo
Novembro de 2015

Já começando a ficar muito preocupada, fui até a farmácia e comprei um tratamento chamado Crescina, bastante caro com ampolas e cápsulas.

As ampolas eram mais de 200 euros e gastei muito com produtos e remédios, sem orientação médica.

img_0385
Ampolas para queda de cabelo que comprei na farmácia por mais de 200 euros
img_0380
Componentes

Comecei a ficar paranóica e tirava foto do meu cabelo dia a dia para ver se melhorava algo, em vão.

Em dezembro, com a resistência baixa, comecei a ficar doente e como tinha levado antibiótico, não procurei médico e fiz a besteira de me auto medicar, o que piorou a situação.

Passado o Natal e Reveillon, datas que recebemos toda a família, resolvi procurar pelos médicos competentes através do seguro saúde (post AQUI), que me pediram vários exames.

Estava com deficiência de vitamina D, vitamina B, zinco e várias outras alterações devido a mudança da alimentação e a falta do sol.

Nessa altura já era inverno e escurecia por volta de cinco horas da tarde e quase não víamos o sol.

img_0383
Shampoo indicado pela médica
img_0382
Corticóide para diminuir a queda, indicado pela médica
img_0379
Zinco para repor a deficiência

Tive a sorte de ser atendida pela Dotoressa Anna Sara, que era entendida em queda de cabelos.

Descobri que uma das maiores sumidades em queda de cabelos do mundo mora em Bologna, próxima a Firenze, se chama Dott. Antonella Tosti (AQUI) e a médica que me atendeu tinha feito curso com ela.

Isso me trouxe uma esperança e iniciei o tratamento adequado com vitaminas, corticóide, shampoos adequados e as orientações corretas.

Todas as orientações discorro num vídeo AQUI (video em breve) que fiz no Snapchat ano passado, pois muitas pessoas me pediram.

As recomendações eram muitas: não usar chapinha e nem secador quente, pentear após um pouco mais seco, não lavar antes de dormir, usar pente com dentes largos…

Além disso, deveria me preocupar em comer melhor, dormir bem e não me estressar… Só isso!

Ela me receitou uma cápsula própria para a queda chamada Deltacrin e segundo a médica, era a última novidade em queda de cabelo na Europa.

deltacrin
A ultima novidade
img_0381
Componentes do medicamento

Tem melatonina na fórmula que é o hormônio do sono.

Antes da consulta, eu ficava dias de cabelo preso sem lavá-lo pois quando lavava percebia que a queda era muito intensa.

Na verdade, a orientação era para que eu lavasse todos os dias pois a oleosidade acelera a queda e não mais prendê-lo com elástico pois a tração também contribui.

Apesar de usar todos os produtos e seguir todas as orientações, em fevereiro de 2016 já tinha perdido muito mais!

As pessoas no Snapchat me davam muito força e me incentivavam a sair todos os dias para continuar dividindo aquela experiência, mas até pensei em voltar antes.

IMG_1266
Fevereiro de 2016

Chegando no Brasil, procurei uma especialista em cabelos e ela diagnosticou como eflúvio telógeno, uma doença causada por diversos fatores que podem ser psicológicos, físicos, hormonais, emocionais, enfim, um apanhado de coisas e poderia ser passageiro ou crônico.

Em março de 2016, viajamos para a represa de furnas e quando molhava o cabelo, via muitas falhas e fiquei muito mal pois não parava de cair.

furnas

Era muito desgastante mas o tempo vai fazendo as coisas terem um peso menor…

Resolvi então, me submeter a um tratamento bastante caro, chamado mesoterapia, que são aplicações de injeções no couro cabeludo com corticóides, biotina, vitaminas, finasterida, enfim, um coquetel.

Comecei a tomar também via oral Pantogar e intercalei com Ineov Nutre care e depois o Nourkrin. 

IMG_3912
No começo 2 cápsulas por dia

Para a queda a médica me indicou o shampoo antiqueda Pilexil que uso intercalado até hoje.

queda de cabelo
Pilexil

Após a alimentação voltar ao normal (emagrecemos seis quilos sem regime por lá, farei um post sobre isso) e os efeitos dos tratamentos, senti os primeiros resultados positivos em maio de 2016.

A vida foi voltando ao normal e em Junho de 2016 as quedas foram diminuindo e em 21 de julho, fiz essa foto do cabelo que já estava nascendo de novo.

A diferença é visível.

IMG_3341
julho de 2016

Apesar da médica ter receitado o medicamento Finasterida oral, li a respeito na internet e fiquei com medo de ingerir.

Outra coisa que ajudou, foi o Rogaine Mousse feminino, que passava um pouco todas as noites antes de me deitar e hoje de vez em quando. Descobri recentemente que pode ser manipulado também.

Meu cabelo escureceu muito nessa época e mudou a textura, mas eu não me importava, queria cabelo novo, fosse como fosse!

rogaine feminino
Rogaine mousse

As amigas começaram a me trazer cápsulas de fora, tomei biotina americana.

IMG_3914

E usei esses produtos franceses que ganhei de presente.

IMG_1207

queda de cabelo
Ducray Nutricerat

A médica me indicou esse shampoo Ducray Nutricerat (para as pontas) pois hidrata, desembaraça e assim melhora a queda.

Continuo usando esse shampoo nas pontas que é excelente e comprei fora por um preço ótimo mas aqui tem, porém, bem mais caro. Super indico!

IMG_4418
Paguei 11,50 euros

Também comprei recentemente esse tratamento pois essa marca é ótima e estou gostando.

queda de cabelo
Phytocyane

Segui por uns meses também um tratamento fitoterápico, mas acabo não sabendo o que contribuiu para a melhora.

Como cada caso é um caso, acredito que é obrigatório procurar ajuda médica e é essencial fazer os exames de sangue para constatar possíveis deficiências de vitaminas, medir o cortisol que indica o stress e as taxas hormonais, pois tudo pode contribuir para a queda de cabelo.

Desenvolvi uma alergia como se fosse uma dermatite e assim a recomendação para o meu caso era essa:

As lavagens eram intercaladas com shampoo Dercos da Vichy (ou e Kerium Ds da la Roche-posay) três vezes por semana e nos outros dias o Pilexil antiqueda no couro cabelo e Nutricerat nas pontas.

IMG_7160

IMG_6987

Dica da médica: Deixar o shampoo alguns minutos para agir.

Em épocas de muita alergia e coceira ela receitou esse creme Doctar que deve ser passado com cuidado somente no couro cabeludo. Ler as instruções!

IMG_3384
Doctar
IMG_3385
Diprosalic

O corticoide que substituiu o que usava na Itália (Elocon) foi o Diprosalic.

Importante ressaltar que deve ser usado com muiiiiito cuidado, passando apenas algumas gotas na palma da mão e colocar pontualmente nos locais necessários.

Como disse acima, cada caso é um caso e somente o médico pode indicar o tratamento ideal para cada paciente.

Discorro aqui sobre o “meu tratamento”.

Hoje conheço várias pessoas que passam pelo que passei e também casos crônicos!

Tudo depende da saúde, sono, alimentação, estado emocional, etc…

queda de cabelo
Meditação e cuidar da saúde emocional
queda de cabelo
Relax…
queda de cabelo
Boa alimentacao é essencial

De qualquer forma é preciso manter a calma pois quanto maior o stress, maior o problema!

IMG_2107
Se cercar de flores e amor

Existem formas de disfarçar como o Topik, mas nunca usei.

Eu usava um tipo de sombra para sobrancelha para disfarçar as falhas.

queda de cabelo
Disfarces e #vamoquevamo

Também existe no mercado, implante com fita adesiva transparente que após colocado, dura cerca de quinze dias e pode até ser molhado, sem risco de descolar.

Em casos de queda por tratamentos quimioterápicos, essa é uma boa solução.

Uma amiga que fez um tratamento de quimioterapia no Hospital Sírio Libanês, usava uma touca congelada que o Hospital oferecia que impedia que a substância chegasse até o bulbo capilar e seu cabelo não caiu.

Poucas pessoas sabem disso e eu só soube dessa possibilidade quando minha amiga fez seu tratamento e não perdeu o cabelo!

Reportagem da Globo no programa Bem Estar a respeito do tratamento e do uso dessa touca. (AQUI)

queda de cabelo
Repicado fica com mais volume

Só quem passa por isso sabe o quanto é difícil para uma mulher perder o cabelo, mas tentava me focar nos tratamentos e sempre pensava que existem situações muito piores.

Me esforço para manter o pensamento positivo e a gratidão pelas coisas boas.

Espero, com esse relato, contribuir um pouquinho que seja, com quem está passando pelo problema e estou as ordens para responder qualquer dúvida.

Os produtos relatados nesse post costumam ser caros por aqui.

Existem alternativas naturais como a babosa, óleo de coco, fitoterápicos e homeopatia. Tentei de tudo, inclusive esses!

P.S. Após descrever tudo, parei com os tratamentos pois achei que a vida tinha voltado ao normal e… Voltou a cair e crescer mais fino.

Recomecei o tratamento com os shampoos, Biotina, Rogaine a noite e Nourkrin.

Meu aprendizado com isso e tantas outras coisas que me aconteceram é que não devemos nos desesperar!!!

Sei que é um problema mas devemos sobretudo manter a mente sã para um corpo são!

IMG_6991

 

 

Compartilhe com seus amigos!

7 thoughts on “Queda de cabelo

  1. Gostei muito do seu testemunho. Por experiencia própria posso dizer que estou contente com o crescina. já vou na 2a cx e tenho visto diferenças na quantidade de cabelo. tem caido menos cabelo

  2. Aninha, obrigada por seu relato! Eu ja fiz todos os tipos de tratamento e, infelizmente, nenhum deles funcionou, pois tb tenho o componente genetico! Mas tenho procurado focar em outros pontos positivos e disfarçar, claro!
    Um bj grande da roça

    1. Maria, é uma luta que a cabeça é uma aliada ou uma inimiga e aprendi isso na marra!Vamos cuidar da cabeça que o cabelo é só o detalhe do resto!!! bjs

  3. Aninha, muito tocante seu relato. Nunca tive uma “crina” para chamar de minha, mas ultimamente meu cabelo está ralo principalmente na frente e tenho consulta marcada com uma especialista amanhã! Minha genética é excepcional para a pele, mas não para cabelos fartos, então lutar contra a genética é algo difícil, mas vou tentar.
    Sempre tomei muito cuidado com o meu cabelo e procuro ajudar com a alimentação e poucos produtos além da tintura.
    Já usei minoxidil, mas parei porque a textura do cabelo ficava áspera. Sei que o tratamento é a finasterida e que ela pode afetar a libido, principalmente nos homens, mas se esse é o preço para encher minha cabeça de novos fios….
    Bjs

    1. Denise, leia mais sobre o uso da finasterida em sites especializados e os relatos em blogs, antes de utiliza-la, por favor.
      Meu médico me receitou um fitoterápico que é a finasterida natural chamada SERENOA REPENS ou SAW PALMETTO que não deve ter os efeitos do remédio alopático.
      O rogaine mousse me pareceu alterar menos a textura do cabelo e descobri que pode ser manipulado no brasil pois só vende nos USA.
      Obrigada e boa sorte querida! bjs

  4. Agradeço a descrição das possíveis formas de se lidar com possíveis deficiências e como tratar na busca de melhorar a quantidade de cabelos
    Queda capilar também tem a ver com problemas hormonais, foi o meu caso.
    Espero que se possa reverter esses quadros de perdas de cabelo, pois são eles a moldura do nosso rosto.

Comments are closed.